YOUTUBE

INSTAGRAM

FACEBOOK

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Avião de sócio da Sanches Tripoloni
Avião de sócio da Sanches Tripoloni cai na região de Maringá e mata três pessoas
Terça-feira, 13 de setembro de 2011
 
 

Um avião que pertence ao empresário Antonio Sanches, sócio da empreiteira Sanches Tripoloni, caiu na manhã desta terça-feira (13) na região de Maringá, matando três ocupantes - o piloto e dois passageiros. De acordo com informações iniciais do Corpo de Bombeiros, o avião seria um bimotor e teria caído entre Ângulo (a 32 quilômetros de Maringá) e Flórida (a 44 quilômetros de Maringá).

As vítimas são o piloto Juliano Vargas Vital, de 28 anos, o dentista Paulo Ferracini e Nelson Busato dos Santos Junior, de acordo com informações do Aeroporto Silvio Name Júnior de Maringá.

O avião é um bimotor Beechcraft modelo Baron B-58, prefixo PP-KST. O Corpo de Bombeiros informou que é uma aeronave que opera sempre no terminal aéreo. A aeronave teria seis horas de autonomia de voo, ou seja, estava com o tanque cheio.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a queda do avião ocorreu por volta das 9 horas, no local chamado Água da Valência, que fica cerca de quatro quilômetros depois de Ângulo, em direção a Flórida.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de Ângulo, o local foi isolado devido à grande quantidade de pessoas no local. As causas do acidente ainda não foram informadas. No entanto, um bombeiro que também é piloto disse à reportagem que o acidente não ocorreu por pane de comando. O destino seria uma fazenda, já que o avião transportava botijões de sêmen.

Parentes das vítimas chegaram à propriedade rural por volta das 10 horas. Os peritos que vão investigar as causas da queda estão sendo aguardados.

Outros pilotos que chegaram ao local confirmaram ainda que o tanque da aeronave estava cheio e a bateria ainda estava funcionando. Ainda conforme os pilotos, houve pane nos dois motores ao mesmo tempo, e o acidente teria sido causado provavelmente por problemas elétricos.

O grupo se dirigia a uma fazenda de Sanches em Vila Bela da Santíssima Trindade, em Mato Grosso, quase divisa com Rondônia. De acordo com informações de familiares, o piloto tinha mais de duas mil horas de voo, e era funcionário da empresa há dois anos.

O odontólogo Paulo Ferracini era casado com uma filha de Antonio Sanches e Busato era primo do empresário.

Investigação

Uma equipe do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa V) – ligado ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (CENIPA) da Força Aérea Brasileira, confirmou que uma equipe está se deslocando a Maringá e deve chegar no final da tarde para apurar as causas do acidente. A investigação - para fins de prevenção de acidentes - ficará a cargo do Seripa V. O procedimento não tem prazo definido para terminar, conforme a assessoria da aeronáutica.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), por meio da assessoria de imprensa, informou que foi comunicada sobre o acidente e aguarda informações provenientes da Aeronáutica. A assessoria de imprensa da Aeronáutica disse que a queda está em fase de averiguação, e deve divulgar informações em breve.

Os corpos das vítimas serão encaminhados posteriormente ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.

 

Fonte: o diário maringá

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta, das 08h às 12h - 13h às 17h

Última atualização do site: 28/05/2024 10:35:20