YOUTUBE

INSTAGRAM

FACEBOOK

NOSSA CIDADE / Histórico Completo
 
Guamiranga - Histórico Completo
   
 Decreto Lei Estadual n 199 de 30-12-1943
 Lei Estadual n 11.203-1995 - Lei Criao do Municpio de Guamiranga
 Caderno Ipardes 05-2024

HISTÓRICO:

        Município criado pela Lei Estadual de nº. 11.203 de 16/11/95 e instalado em 01/01/97. Foi desmembrado de Imbituva de onde era sede de distrito.
        Foi colonizada por volta de 1860, sendo que os primeiros moradores fixaram residência em Água Branca e Barreiro, pontos de passagem obrigatórios dos tropeiros. Entre 1890 e 1910, chegaram os imigrantes poloneses, italianos e alemães. A sua primeira denominação foi “Monjolinho”, a Lei n.º 2.748, de 31 de março de 1930, criou o distrito judiciário de Monjolinho, esta denominação segundo alguns moradores mais antigos provem de três monjolos que existiam na localidade. Mais tarde foi elevado a Distrito do município de Imbituva passando a se chamar “Natal”, Decreto-Lei n.º 1.116, de 09 de maio de 1934. Em 1943, pelo Decreto – Lei Estadual N.º 199 de 30/12/1943, passou a nova denominação de Guamiranga, que permanece até hoje, tornando-se município em 16/11/1995 pela Lei Estadual de nº. 11.203/95, com sua instalação oficial ocorrendo em 01/01/1997.   Possui muitas riquezas naturais em seu território, destacando-se o Salto do Bocó, do Rio Lajeadão, o Salto Grande do Rio dos Patos, o Salto Nova Boa Vista, do Rio Água Podre, além de outros pontos turísticos. O município possui também algumas grutas que foram utilizadas pelos Jesuítas.

 Maiores Informações: http://www.ipardes.gov.br/cadernos/MontaCadPdf1.php?Municipio=84435&btOk=ok

 

Origem do nome:

A origem do nome “Guamiranga” vem do tupi-guarani, tendo o significado de “árvore de pequenas folhas de cor vermelha”.

 

Datas comemorativas (feriado municipal):
Dia 16 de novembro: Aniversário do município:
Dia 25 de dezembro: Festa do “Menino Jesus”, padroeiro do município;
Dia 31 de outubro: Reforma Luterana.


DADOS GEOGRÁFICOS:

 

Superfície:
Área total: 259,632 km²
Área urbana: 10 km²
Altitude média:
801 metros.
Ponto culminante a 1.054 m. conhecido pelo nome “Pico do Amor”, localizado na Serra da Água Branca, a 12 km. da sede.

 

Clima:
Subtropical úmido mesotérmico com verões quentes e invernos com geadas severas e freqüentes.

 

Solo:
Caracterizado por Latossolo vermelho escuro álico-terra Bruna estruturada similar álica-textura argilosa fase florestal – Cambissolos – Podzólico vermelho amarelo.

 

Topografia:
23% leve ondulada;
38% ondulada;
39% acidentada.
Localização geográfica:
Situa-se nas coordenadas:
25º 11’ 29” de latitude sul;
50º 48’ 17” de longitude oeste. 
Localiza-se às margens da BR-373, no km. 274 da Rodovia Federal Ponta Grossa - Foz do Iguaçu.

Pertence a região centro sul do estado – 2º planalto;
Integra a Associação de Municípios do Centro Sul do Paraná – AMCESPAR, com sede em Irati.

 

Temperatura:
Média mínima: 18º C;
Média máxima: 22º C;

Precipitação pluviométrica:
1.700 mm.

 

Vegetação:
30% com cobertura vegetal;
 4% com reflorestamento;
66% com outras áreas.
Presença significativa de Araucária Angustifólia (Pinheiro do Paraná) e Ilex Paraguaiensis (erva-mate).

 

Limites:
Norte: com Ivaí;
Sul: com Imbituva e Prudentópolis;
Leste: com Imbituva e Ivaí;
Oeste: com Prudentópolis.

 

Divisas territoriais:
Estabelecidas pela Lei nº. 11.203 de 16/11/95, de criação do município:
“Começa na Barra do Rio dos Patos com o Rio Lajeadão, rio acima até o Rio Alagado, subindo o Rio Alagado até o rio Manduri, cruzando a BR-373, passando à direita da Igreja do Manduri, daí segue em linha reta passando por Queimadas, Barreiro, e Mato Queimado, dividindo também, com o município de Prudentópolis, desce a Serra Passa Quatro até cair no Rio Pederneiras, rio abaixo até o Arroio do Tigre cruzando a BR-373, no km. 64,5, descendo até o Rio Bonito, até o Rio Lajeadão, divisa com Ivaí, descendo até o ponto de partida.”

 

Distritos Administrativos:

Possui a Sede e mais 2 (dois) distritos administrativos: Sede, Água Branca e Boa Vista.

https://leismunicipais.com.br/a1/pr/g/guamiranga/lei-ordinaria/1999/6/60/lei-ordinaria-n-60-1999-cria-os-distritos-de-agua-branca-e-boa-vista-neste-municipio?q=distritos

Localidades da zona rural: Boa Vista, Barra Mansa, Nova Boa Vista, Manduri, Arroio Paulista, Rio Bonito, Guamirim (ex-Bocó); Tigre, Alto do Tigre, Água Branca de Cima, Água Branca de Baixo, Queimadas, Barreiros.

 

Hidrografia:

Principais rios: Lajeadão e Rio dos Patos na divisa com o município de Prudentópolis. Rio Ribeira, Rio Bonito, Rio Alagadão, Rio Barreiro, Rio Guamiranga.

 

DADOS POPULACIONAIS:

População:
Em Guamiranga a maior concentração de pessoas na área rural foi registrada pelo IBGE/2022. Dos 7.856 habitantes quase 80% está no campo, o que representa 6.285 pessoas . Apenas 1.571 moradores estão no quadro urbano.

Densidade demográfica: 32,09 hab./km² 

IDHM (2010): 0,669 - médio

Fonte: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/guamiranga/panorama

 

Eleitores:
Município pertence a 29a. Zona Eleitoral com sede em Imbituva
Possui 6.468 eleitores, sendo 3.268 masculinos e 3.200 femininos . Em 21 seções eleitorais

 

PODER EXECUTIVO

Prefeito Municipal: MARCELO LEITE

Vice-Prefeito:

-

PODER LEGISLATIVO:

Câmara Municipal de Guamiranga.
Sede: Rua José Machado do Nascimento, 56, Centro - Tel. (42) 3438-1234.
Presidente: Afonso Moacir Pontarolo

Vice-Presidente: José Adilson Stadler

1º Secretário: Jacir Iensen

2º Secretário: Osnilda Rodrigues Simão Scorsin

Vereadores:

 

 

Poder Judiciário:

O município pertence à Comarca Judiciária de Imbituva

Delegacia de Polícia de Guamiranga:
Endereço: Av. 16 de Novembro s/nº - Tel. (042) 3438-1175.

 

FATORES ECONÔMICOS:

 

Atividade Principal:
Agricultura, indústrias cerâmicas e fumicultura.

Produtos principais: Fumo, soja, milho, feijão.
Destaca-se na produção de tijolos e telhas, com várias indústrias cerâmicas estabelecidas no território do município.

 

Indústria:
Destaca-se pela produção de tijolos e telhas, com três grandes cerâmicas estabelecidas no município:
Principais cerâmicas:
Cerâmica Setenta Ltda. – Rua Diogo Emanuel de Almeida - Centro;
Cerâmica Gnatta – BR-373 – Manduri (Zona Rural);
Na atividade extrativa, destaque para a produção de erva-mate:
Principal empresa: Erva-Mate Globo – Boa Vista (zona rural).

 
 Galeria de Fotos
 
 Outros Artigos
» Hino de Guamiranga
» Dados Gerais Econômicos
» Sobre a População
» Dados Geográficos Gerais
» Datas Comemorativas e Feriados Municipais

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta, das 08h às 12h - 13h às 17h

Última atualização do site: 03/07/2024 09:43:43