ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Segurança
Começa a sétima edição da Operação Nhapecani
Segunda-feira, 12 de agosto de 2013
 
 

A sétima edição da megaoperação conjunta “Nhapecani” foi lançada nesta sexta-feira (09) com a participação de quase 2,5 mil policiais militares - 451 somente em Curitiba e Região Metropolitana, além de efetivos da Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Receita Estadual, Guarda Municipal de Curitiba, Guarda Municipal de São José dos Pinhais e Guarda Municipal de Colombo.

A operação saiu às 16h do Pátio da Academia Policial Militar do Guatupê, localizada no quilômetro 72 da BR 277, em São José dos Pinhais, após a solenidade em comemoração aos 159 anos da corporação, que contou com a presença de diversas autoridades civis e militares e com o desfile da tropa representada por diversas frações da Polícia Militar.

Durante a operação serão montados mais de 1,2 mil pontos de bloqueio nos quais os policiais realizam batidas e abordagens, fiscalizam veículos, pessoas e estabelecimentos comerciais em busca de armas, drogas e foragidos da justiça. O Serviço Reservado da Polícia Militar, além de outras forças, estão fazendo levantamentos em campo para um melhor resultado. Serão empregadas mais de 700 viaturas, incluindo todas as forças policiais.

A incidência de crimes violentos contra a pessoa (homicídios, latrocínios e lesões corporais) e contra o patrimônio (furtos e roubos), tanto às residências contra o comércio, assim como os casos de roubos e furtos de veículos são reduzidos com esta ação, que já está na sétima edição. Para o Secretário de Segurança, Cid Vasques, dentro do planejamento operacional do Polícia Militar “a série de operações Nhapecani tem sido o carro chefe de todas as ações de maior visibilidade da PM”.

“Esta operação tem uma repercussão muito boa à medida em que há um volume significativo de apreensões de armas e drogas, cumprimentos de mandados de prisão, entre outras ações. São retirados de circulação marginais que soltos podem fazer a retroalimentação do crime”, disse.

“A operação Nhapecani visa fazer um estrangulamento diário no Paraná, a partir de agora, e nos próximos dias não será possível cruzar o Estado em nenhuma direção, ou entrar e sair dele, sem passar por pelo menos um dos bloqueios ao longo de todo o Paraná, que não envolvem apenas a PM, mas a Polícia Civil, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Receita Federal. É uma ação integrada que tem dado o certo, com resultados muitos substanciais”, afirmou o comandante-geral da PM, coronel Roberson Bondaruk.

Pela PM participam todos os batalhões, além das unidades especializadas - Batalhão de Polícia Militar Ambiental, Batalhão de Patrulha Escolar, Batalhão de Polícia de Trânsito e Regimento de Polícia Montada (RPMon). Além deles, participam o Batalhão de Operações Especiais (Bope), o Batalhão de Policia Guarda e o Batalhão de Polícia de Fronteira.

PRIMEIRA HORA – Na primeira hora após o lançamento da operação, a PM já obteve os primeiros resultados. Entre eles, estão a apreensão de 27 máquinas caça níqueis, de quatro monitores (também usados para a prática de jogos de azar) e 10 pessoas foram encaminhadas à delegacia.

NHAPECANI - A operação, que está em sua sétima edição, surgiu ao longo das reuniões periódicas feitas com todos os setores de inteligência e em parceria com os órgãos participantes. Outras edições da operação obedecem a um planejamento antecipado e à observação dos índices estatísticos de criminalidade, sem data específica ou horário determinado.

ANTERIORES - As seis primeiras edições da operação Nhapecani resultaram em 165.728 pessoas abordadas, sendo 692 detidas, 171 assistidas e 206 adolescentes apreendidos, além de 96.582 veículos vistoriados. Destes 2.436 foram apreendidos e 79 recuperados. Durante as ações foram apreendidas 114 armas de fogo, 1.070 munições, 1.754,88 quilos de maconha, 988,86 quilos de cocaína, 169,161 mil pedras de crack, 161 frascos de lança perfume e 3.450 bolinhas de haxixe.

Nas ações também foram cumpridos 147 mandados, registrados 392 flagrantes e 91 flagrantes de ato infracional, emitidos 11.727 autos de infração de trânsito, recolhidas 186 Carteiras Nacionais de Habilitação, assinados 239 Termos Circunstanciados e apreendidos 5.969 objetos ilícitos ou de contrabando.

Participaram do lançamento o chefe do Estado Maior, coronel Altivir Cieslak, o comandante do 1º Comando Regional da PM, coronel Milton Isack Fadel Júnior, o comandante do 6º Comando Regional da PM, coronel Péricles de Matos, o omandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), coronel Rui Rota da Purificação, o chefe de Recursos Humanos da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal, Antônio Pain de Abreu Junior, o chefe da Divisão Policial da Capital, delegado Claudio Teles e o diretor da Guarda Municipal de Curitiba, Claudio Frederico de Carvalho, além da Receita Federal.

Fonte: Agência de Notícias do Estado

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 - 13:00 às 17:00

Última atualização do site: 01/07/2022 13:35:44