ÚLTIMAS NOTÍCIAS / STJD libera o Couto Pereira e Coritiba volta à sua casa no dia 28 de fevereiro
Virgilio Val despacha a favor da liberação do estádio alviverde um dia após a homologação do clássico em Paranaguá
Sábado, 20 de fevereiro de 2010
 
 

Oitenta e quatro dias de “exílio” e o torcedor do Coritiba já tem uma data para voltar ao Couto Pereira. No dia 28 de fevereiro, contra o Nacional, o Alviverde voltará a atuar no gramado do Alto da Glória, pondo fim a uma espera que já dura semanas. A informação pôde ser confirmada na tarde desta sexta-feira, quando o presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Virgilio Val, despachou favoravelmente à liberação do reduto coxa-branca.

A diretoria do Verdão ainda aguarda o despacho oficial do dirigente para publicá-lo em seu site oficial, mas o vice-presidente do clube, Vilson Ribeiro de Andrade, lamentou que a decisão só tenha chegado um dia depois da homologação do clássico contra o Paraná Clube, jogo que será realizado no Gigante do Itiberê, em Paranaguá. O Estatuto do Torcedor determina a definição de horário e local de jogo 72 horas antes, o que impede qualquer alteração neste momento

“Não tem o que comentar. A informação que recebi é que o doutor Virgilio estava fora do Rio de Janeiro e só chegou hoje. Ele analisou e nos deu o despacho favorável. Este fato em si cada um que interprete da sua maneira. É difícil para nós. Somos pequenos no futebol paranaense no sentido de visão, e não como instituição, então acho que a federação poderia ter usado dos seus poderes, seja por opção ou covardia”, disse Andrade, por telefone, à Gazeta do Povo.

O Verdão deverá divulgar nos próximos dias uma iniciativa para o retorno ao Couto Pereira e lotar o estádio diante do Nacional. Enquanto aguarda a volta para atuar no Campeonato Paranaense e na Copa do Brasil em seu reduto, o Coxa segue aguardando a confirmação do julgamento do recurso no STJD (provavelmente para uma das próximas reuniões do Pleno, dia 25 de fevereiro ou 4 de março) para tentar reduzir a pena de 30 mandos e a multa de R$ 610 mil.

“Temos plena convicção na redução da pena, o código mudou e não permite uma pena além dos dez mandos”, finalizou o dirigente coritibano. Com a liberação do Couto junto à Federação Paranaense de Futebol (FPF) desde janeiro e pela CBF antes do Carnaval, o Coxa esperava receber o aval do STJD até a última quinta-feira, o que acabou não se concretizando. Ao torcedor alviverde, resta ir a Paranaguá para o clássico e se preparar para uma grande festa no dia 28.

 

Fonte: Gazeta do Povo

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 - 13:00 às 17:00

Última atualização do site: 30/09/2022 11:07:55