ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Água abaixo em Cerro Azul
Rafting no Rio Ribeira garante muita diversão para os aficionados por turismo de aventura. O jornalista Breno Baldrati encarou o desafio
Quinta-feira, 25 de março de 2010
 
 

Cerro Azul (PR) - Situado a apenas 85 km de Curi­­tiba, o município de Cerro Azul é um bom destino para quem procura praticar turismo de aventura. Entre as opções, a mais conhecida da cidade é o rafting, descida de rios em botes infláveis. À margem do Rio Ribeira, a empresa que opera as descidas, a Praia Se­­creta, montou uma base com equi­­pamentos, banheiros e vestiários. É ali que começa a preparação para a aventura.

Depois de devidamente vestidos com capacete e colete salva-vidas, remos à mão, os navegantes de primeira viagem recebem as instruções de como agir nas principais situações que podem ocorrer numa descida: como segurar o remo sem correr o risco de nocautear os colegas de barco; o que fazer quando cair na água ou o bote virar; e os comandos para a equipe remar em sincronismo. Terminada a explicação, é hora de escolher um grito de guerra e cair na água. Em cada bote, normalmente, vão sete pessoas.

Quem comanda a descida é o “leme”, o instrutor da equipe, que vai na parte de trás do barco e é responsável por dar a direção do bote. A descida alterna mo­­mentos de água calma, oportunidade para aproveitar a vista do vale, e corredeiras, hora de remar e deixar a adrenalina tomar conta. Quem senta na frente costuma servir de escudo, levando bastante água na cara, mas não há lugar no bote que termine o trajeto seco.

No Ribeira, há corredeiras de classe II e III, níveis aconselháveis para iniciantes. O primeiro trecho é de 8 km e dura cerca de duas horas – se o rio estiver cheio, pode durar menos. No trecho mais longo, com corredeiras classe III, a duração é de cerca de 5 horas, com direito a almoço dentro da própria embarcação. A Praia Secreta também possui certificação de segurança da Associação Brasileira de Normas Técnicas, a ABNT, e um ônibus da empresa acompanha todo o trajeto por uma estrada à margem do rio. No caso do Ribeira, por possuir corredeiras de nível fácil ou intermediário, é bastante raro que o bote vire ou alguém caia na água.

Uma opção diferente, também disponível, é fazer o rafting noturno, realizado nas semanas de lua cheia. “A visão do rio e suas margens à noite é impressionante e a vivência dos sentidos na natureza quando nossa visão está reduzida também é inesquecível”, diz Daniel Spinelli, diretor e fundador da Praia Secreta. Os procedimentos de segurança são reforçados nesse passeio, e todos os integrantes descem o rio com neons presos aos seus equipamentos.

Terminada a viagem pela água, é hora de colocar uma muda de roupa seca e conhecer um pouco mais da cultura local. O pacote da Praia Secreta, que custa R$ 73 por pessoa, inclui uma refeição no Café Regional do Vale, um simpático café colonial com geléias e outros produtos fabricados pelos proprietários do estabelecimento. O local também comercializa artesanatos de bambus, produzidos por famílias da zona rural de Cerro Azul. O transporte até a base de saída dos botes é por conta do interessado.

Apesar do excesso de adrenalina, o rafting é um esporte bastante seguro. Crianças a partir de oito anos podem participar e também não é obrigatório que se saiba nadar.

Serviço

Praia Secreta Expedições. Contato: 41-32563333 ou pelo site.

O repórter viajou a convite da Praia Secreta Expedições, da Prefeitura Municipal de Cerro Azul, do Café Regional do Vale e do Restaurante São Francisco.

 

Fonte: Breno Baldrati

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 - 13:00 às 17:00

Última atualização do site: 28/06/2022 13:54:55