ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Barrichello culpa pneus dianteiros mais estreitos por falta de ultrapassagens
Brasileiro da Williams diz que é impossível equilibrar o carro no vácuo
Quinta-feira, 25 de março de 2010
 
 

Mais experiente piloto na Fórmula 1, Rubens Barrichello acredita que a introdução dos pneus dianteiro mais estreitos nesta temporada é um fator significativo para dificultar as ultrapassagens. Após a primeira corrida monótona no Bahrein, o regulamento de 2010 foi muito criticado. Vários pilotos reclamaram do problema antes da corrida na Austrália.

- Você segue outro carro e seu carro sai de frente para fora da pista quando se está no vácuo. Você só consegue ultrapassar se for um segundo mais rápido que seu rival, o que não é normal. Eu superei Sebastien Buemi no Bahrein, mas estava andando em 2m01sm enquanto ele em 2m04s. Mesmo assim não foi fácil. Não dá para andar colado, o carro fica bobo. Sou um pouco crítico às vezes, mas não entendi porque eles estreitaram os pneus dianteiros. Está pior que no ano passado - diz Barrichello, em entrevista à imprensa inglesa.

O brasileiro acha que a limitação dos desenvolvimentos aerodinâmicos é a chave para as ultrapassagens voltarem à Fórmula 1. Para Barrichello, os pneus dianteiros pioraram se comparados ao ano de 2009.

- Precisamos de mais aderência mecânica para poder perder na aerodinâmica. É a única solução. O problema não é a fraqueza do pneu, mas do regulamento. Os dianteiros são piores que os do ano passado, mas os traseiros melhoraram. Vão reclamar que os carros estão mais rápidos, mas é só limitar o desenvolvimento das asas novamente.

Uma sugestão seria aumentar a disparidade entre os dois tipos de pneus disponíveis em cada fim de semana. Assim, alguns carros estariam menos rápidos que outros. Mas Barrichello acredita que a solução não é tão simples.

- Em teoria, isso é o que eles estão planejando, por isso não trouxeram dois tipos de pneus próximos. Mas os engenheiros são inteligentes e estamos falando apenas de três ou quatro décimos. Se você estivesse falando de um ou dois segundos, as ultrapassagens existiriam. Mas é difícil, porque dificultaria o aquecimento deles em temperaturas ambientes mais baixas.

 

 

Fonte: GLOBOESPORTE.COM.Melbourne, Austrália

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 - 13:00 às 17:00

Última atualização do site: 28/06/2022 13:54:55