ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Paraná leva a campo ameaça de nova greve
Conforme prometido, jogadores voltam ao trabalho para enfrentar o Sport. Precária situação financeira pode provocar outra paralisação nos próximos dias
Quarta-feira, 17 de março de 2010
 
 

O confronto entre Paraná e Sport, pela segunda fase da Copa do Brasil, é considerado pelo Tricolor o mais importante até o momento. Os preparativos para a partida que começa às 21h50, na Vila Ca­pa­nema, no entanto, foram ofuscados pela greve dos jogadores paranistas na segunda-feira, quando não treinaram. Alegavam solidariedade aos funcionários do departamento de futebol, sem os salários de janeiro e fevereiro.

O protesto serviu também para chamar a atenção dos atrasos em pagamentos de premiações e a remuneração de fevereiro dos próprios atletas. Isso deixou em segundo plano a dúvida sobre o que esperar do embate entre a melhor defesa do Paranaense – o Tricolor sofreu apenas sete gols – contra o melhor ataque do Pernambucano – o Leão da Ilha marcou 35 vezes.

Apesar da paralisação (algo ainda raro no futebol), comissão técnica e atletas paranistas garantem que não haverá prejuízo na concentração para a partida desta noite. “Já foi esquecido. Vamos enfrentar um adversário que está há 16 jogos sem perder, que nos trará muitos problemas. Estamos totalmente mobilizados”, desconversou o técnico Marcelo Oliveira.

Para tanto, o Paraná pode repetir a escalação do time que venceu o Nacional, por 2 a 0, no domingo, ou trocar o meia Vinícius pelo volante Edimar. “O Sport tem dois atacantes muito rápidos (Ciro e Dairo) e atacam com dois alas. Assim, jogaremos com os laterais fechando para o meio e os volantes saindo pelo lado”, explicou Oliveira.

Tal formação foi testada no treino de ontem, com a promessa cumprida dos atletas de retomar os trabalhos – um dia após a operação “sem-chuteiras”. O que não quer dizer que a pendência financeira foi solucionada. Até o final do treinamento, os funcionários não tinham uma previsão de pagamento – embora corressem boatos de que os acertos seriam feitos até o fim da tarde de ontem, com a verba recebida da primeira fase da Copa do Brasil (valor bruto de R$ 90 mil).

“A diretoria entrou em contato com a comissão técnica. O professor falou, meio por cima, que já estão fechando (um acordo). Acredito que vão fazer o melhor para nós. Mas o grupo está fechado, disposto a fazer outras situações (paralisações) se necessário”, ameaçou o zagueiro Diego Correia.

Ao vivo

Paraná x Sport, às 21h50, no tempo real da Gazeta do Povo (www.gazetadopovo.com.br/esportes).

* * * * * *

Veja a ficha técnica do jogo Paraná X Sport:

Em Curitiba

Paraná

Juninho; Jefferson, Irineu, Luiz Henrique e Diego Correia; Chicão, João Paulo, Vinícius (Edimar) e Éverton; Márcio Diogo e Marcelo Toscano.

Técnico: Marcelo Oliveira.

Sport
Magrão; Igor, César e Tobi; Ratinho, Zé Antônio, Daniel Paulista, Eduardo Ramos e Dutra; Ciro e Dairo.

Técnico: Givanildo Oliveira.

Estádio: Vila Capanema. Horário: 21h50. Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP). Auxs.: Antônio Luiz Guimarães Lugo (MS) e Ezequiel Barbosa Alves (MS).

 

Fonte: Adriana Brum

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Rua Diogo Emanuel de Almeida, 234 - CEP: 84435-000 - GUAMIRANGA - Paraná

(42)3438-1148/3438-1157

prefeitura@guamiranga.pr.gov.br

Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 - 13:00 às 17:00

Última atualização do site: 01/07/2022 13:35:44